09/09/2021

SPGG-RS define organizadora

A Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Rio Grande do Sul (SPGG-RS) escolheu a Fundatec para organizar o próximo concurso da pasta. Apresar de a empresa ainda não ter sido contrata oficialmente, a informação já consta em seu site na área “próximos editais”. Confira aqui.

 

 
 
Ainda não há uma data para o lançamento do edital, mas a previsão é que o documento seja publicado ainda este ano. Mas primeiro o extrato do contrato deve ser divulgado no Diário Oficial do estado.

 

Sobre o concurso:
A autorização para a realização da seleção ocorreu em janeiro. Segundo nota divulgada no site oficial do governo, estão previstas 623 vagas para analista de projetos e políticas públicas (carreira transversal) da pasta. As oportunidades estão distribuídas entre 23 especialidades. Confira:
 
“Como o último concurso não teve número suficiente de aprovados, o plano de longo prazo prevê também concurso para reposição futura da carreira de analistas de planejamento, orçamento e gestão para reverter a situação de apenas 39% de provimento de cargos, sendo estimadas 53 vagas.
 
Além disso, são previstas 623 vagas para analistas de projetos e políticas públicas do Estado (carreira transversal), sem reposições desde 2018. Essas 623 vagas estão distribuídas em 23 tipos de analistas, discriminados abaixo:
 
Analistas de projetos e políticas públicas do Estado (carreira transversal)
Analista administrador – 40 vagas
Analista arquivista – 12
Analista jurídico – 60
Analista de gestão pública – 34
Analista contador – 26
Analista economista – 30
Analista assistente social – 38
Analista bibliotecário – 26
Analista estatístico – 10
Jornalista – 22
Psicólogo – 34
Analista arquiteto – 89
Analista engenheiro – 64
Analista de sistemas – 12
Analista biólogo – 1
Analista geógrafo – 3
Analista ambiental – 8
Analista agropecuário florestal – 32
Médico – 30
Médico de perícia e análise – 15
Analista em assuntos culturais – 25
Analista em educação – 6
Historiógrafo – 6
TOTAL: 623”
 
Em 2018, a carreira foi reestruturada e renomeada com a publicação da Lei 15.153. Anteriormente, o cargo era chamado de técnico-científico.

 

Último concurso:
Ocorreu em 2014 e contou com a organização da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH). À época, foram oferecidas 240 vagas para níveis médio/técnico e superior. Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva.
 
Confira o último edital.